| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Brasil em ação
Desde: 26/04/2017      Publicadas: 8      Atualização: 26/04/2017

Capa |  Carta do leitor  |  Cultura  |  Editorial  |  Esporte  |  Notícia  |  Saúde


 Editorial

  26/04/2017
  0 comentário(s)


Editorial

Editorial sobre a noticia : ECT ameaça acabar com 25 000 empregos

A crise económica abrange o globo inteiro, e o Brasil não escapa a situação. Em todo o canto do país, as fábricas ameaçam de despedir pessoas do seu emprego. A razão disto tudo: financeira. As grandes fábricas e emprensas, devido as circunstâncias económicas e dívidas, ameaçam pôr a rua entre 20 000 e 25 000 pessoas, como é o caso da ECT. Mas como uma emprensa dessa, devido aos benefecios que genera, pode ter tantas "razões financeiras" para despedir cerca de 20 000 pessoas. O que é que se esconde por detrás desta "razões financeiras" para levar uma emprensa a despedir 20 000 pessoas? dívidas ? Má gestão ? Política de deslocalização ? Por que é que estas 20 000 pessoas devem ser despedidas se até então fizeram o seu trabalho e contribuiram para o desenvolvimento da emprensa. Meus amigos, há uma explicação : "razão financeira". Pois claro. Hoje em dia, ninguém está ao abrigo de perder o trabalho por estas tais " razões financeiras" que querem dizer tudo e ao mesmo tempo nada.

Como  o diretor Geral da ECT possui o descaramento de afirmar " os rumores" de despedimento com tanta serenidade enquanto que  o emprego de 20 000 pessoas estão em risco. 20 000 pessoas que têm condomínios, dívidas a pagar, filhos para criar.  Enquanto houver tanta serenidade em despedir tão facilmente cerca de 20 000 pessoas, a taxa de desemprego nunca vai baixar. Segundo o estudo feito pela IBGE publicado no  Brasil Economico, o país possui uma taxa de 12 % de desempregado no quarto semestre, o que corresponde à 12, 3 milhões de pessoas sem emprego. 

Não há desempregados que chega. Pois claro, temos tão pouco que é preciso mais. E como vamos encontrar mais. Esperam que há um motivo todo feito : "razões financeiras". Nunca as "razões financeiras" foram causas para tanto despedimento como até hoje. Fazem cuidado, que amanhã, podem ser despedidos, nada mais nada menos, por  "razões financeiras".  Plauto e Hobbes bem tinham razão : O Homem é bem um lobo do Homem.

http://economia.ig.com.br/2017-01-31/desemprego-no-brasil.html 






Capa |  Carta do leitor  |  Cultura  |  Editorial  |  Esporte  |  Notícia  |  Saúde
Busca em

  
8 Notícias